Separadores Eddy Current (separadores de metais não ferrosos e inertes)

Os separadores de metais "não ferrosos" ou ECS (Eddie current separators) retiram do material tratado as impurezas metálicas que não são "atraídas" pelos separadores magnéticos, tais como: cobre, alumínio, latão, etc.


Manual do produto Solicite cotação

Os separadores de metais "não ferrosos" ou ECS (Eddie current separators) retiram do material tratado as impurezas metálicas que não são "atraídas" pelos separadores magnéticos, tais como: cobre, alumínio, latão, etc.

Por se tratarem de equipamentos de alta tecnologia e que requerem uma minuciosa especificação técnica, pedimos que contatem o nosso departamento técnico para a correta definição do equipamento.

 

Os separadores a indução também chamados de separadores de metais não-ferrosos ou ECS (Eddy current separators) são utilizados na separação de metais não ferrosos (tais como cobre, alumínio, latão, magnésio, prata, ouro, chumbo, etc) de materiais que não conduzem energia elétrica (vidro, madeira, plástico, borracha, papel, areia, etc).

 

            Os separadores de metais não ferrosos (ECS) são indispensáveis nas instalações  de reciclagem de material triturado, lixo urbano, aparas de madeira, sucata eletrônica e sucatas em geral, areia de fundição, vidro, etc.

 

            Normalmente, o retorno do investimento em um ECS se dá em poucos meses, pois os metais recuperados pelo separador de não ferrosos possuem alto valor.

 

            Os separadores de metais não ferrosos são sempre instalados após os separadores magnéticos. Ou seja, a utilização de um ECS pressupõe que a separação das partículas ferrosas já tenha sido feita, por um dos equipamentos magnéticos abaixo:

 

- Polia magnética

- Polia eletromagnética

- Tambor magnético

- Tambor eletromagnético

- Separador Magnético

- Separador Eletromagnético (eletroímã)


             No caso de o material possuir ainda partículas de ferro contidas o próprio ECS se encarregará de separá-las, desde que:

 

- Estejam contidas em pequenas quantidades;

- Não sejam de tamanho reduzido. Partículas ferrosas pequenas são danosas aos separadores de metais não-ferrosos.

 

      Nós fabricamos todos os tipos de equipamentos magnéticos e eletromagnéticos e temos a solução completa para todas as indústrias.

 

     

            Princípio de Funcionamento dos Separadores de Metais Não Ferrosos (ECS)

 

            O funcionamento de um separador ECS é baseado no princípio das correntes induzidas (correntes de Foucault). Um forte campo magnético rotante induz corrente elétrica nos metais contidos no material despejado sobre o equipamento gerando nestas um campo magnético. A separação destes metais se dá por repulsão.

  

            A correia leva o material até o rotor magnético interno e os metais não ferrosos são lançados à frente enquanto os inertes caem livremente.

   

Por se tratarem de equipamentos de alta tecnologia e que requerem uma minuciosa especificação técnica, pedimos que contatem o nosso departamento técnico para a correta definição do ECS. Abaixo, encontra-se um formulário que, corretamente preenchido, permite-nos definir o separador de metais não ferrosos ideal para a sua aplicação.

 



  Esquema Típico de um Separador de Metais Não ferrosos (ECS)


  1) Separação magnética de metais ferrosos;
  2) Calha vibratória;
  3) Separador ECS;
  4) Separação magnética complementar;
  5) Descarga de materiais inertes;
  6) Descarga de materiais não ferrosos.

           

O material do processo sofre uma primeira separação magnética (1) e é então despejado em uma calha vibratória (2) que alarga e dosa o fluxo. A correia transportadora do separador do ECS (3) tem velocidade variável assim como o rotor magnético (indutor magnético). Os resíduos ferrosos são despejados sobre o rotor (4) e os resíduos inertes caem na parte central (5) pois não são nem atraídos magneticamente pelo rotor e nem sequer explusos por repulsão. Os metais não ferrosos sofrem repulsão sendo lançados/descarregados à distância (6).



          Para cada aplicação existem critérios de escolha das diversas variáveis do separador ECS, baseados, sobretudo na capacidade, densidade e rendimento mínimo esperado. Podem-se tratar volumes de 3 a 250m3/hora dos mais variados metais não ferrosos.

 

 

ESPECIFICAÇÃO DE UM SEPARADOR DE METAIS NÃO FERROSOS

 

Para correta especificação de um SEPARADOR DE METAIS NÃO FERROSOS é fundamental conhecer a aplicação. Respondendo ás questões abaixo, poderemos garantir o melhor equipamento para a sua aplicação:

 

1. Informações referentes ao processo onde será utilizado o ECS

1.1      Tipo de material: __________

1.2      Quantidade de material: __________

1.3      Peso específico do material: __________

1.4      Capacidade horária (ou capacidade de pico): __________

1.5      Temperatura: __________

1.6      Umidade: __________

1.7      Notas particulares (agentes químicos, óleo, etc.): __________

 

2. Sistema de transporte do material

2.1       Correia de borracha (  )            Correia metálica (   )                Canal vibrante (   )

2.2       Largura do sistema de transporte: __________

2.3       Velocidade do sistema de transporte (velocidade do material): __________

2.4       Espessura da camada de material sobre o sistema de transporte: __________

 

3. Metais não ferrosos a separar pelo ECS

3.1       Tipo de metal a separar:

3.2       Quantidade de metais a serem separados:

3.3       Existem diversos tipos de metais não ferrosos? Sim (   )    Não (   )

Quais? __________

            Estes metais devem também ser separados entre eles? Sim (   )        Não (   )

3.4       O material a ser purificado também contém impurezas ferromagnéticas?

            Não (   )             Sim  (   )    De que tipo? __________

3.5       Existe já instalado um sistema de pré-separação magnética do material?

            Não  (   )             Sim  (   )      De que tipo? __________

 3.6       Escopo da separação: __________

           

4. Perguntas Gerais sobre a aplicação do ECS:

4.1       Horas/dias de funcionamento da instalação: __________

4.2       O separador será instalado ao ar livre (   ) ou em ambiente coberto (   )?

4.3       Tensão elétrica disponível: __________

4.4       É possível efetuar um teste de separação c/ o material do processo?

            Sim (   )       Não (   )

4.5    Anexar esquema de fluxo do material, se possível e enviar o formulário preenchido por  FAX  (0 XX 11 4148 2518) ou por e-mail ital@italpro.com.br